Quem somos

A ACÁCIA - Associação para a Cooperação Internacional com África (ONGD) e é o resultado de um sonho muito antigo, bem como de uma paixão comum por África. Constituída juridicamente em 2008, foi reconhecida como ONGD (Organização Não Governamental para o Desenvolvimento) pelo IPAD (Instituto Portugês de Apoio ao Desenvolvimento), em Março de 2009.



Objecto Social

"A Associação tem por objecto promover a valorização do indivíduo, de acordo com as normas e os princípios que respeitam os direitos humanos, contribuindo assim para uma sociedade mais justa, mais desenvolvida e mais sustentável.

Na prossecução deste objecto, a Associação promove a concepção, execução e apoio a projectos e acções de cariz social, cultural, cívico, educacional e económico, em Portugal e nos países em vias de desenvolvimento, nomeadamente através de:

a) actividades, projectos e programas de cooperação para o desenvolvimento;
b) actividades, projectos e programas de educação para o desenvolvimento;
c) organização, execução ou avaliação de cursos e/ou acções de formação profissional;
d) promoção de actividades em prol do desenvolvimento local (rural e/ou urbano);
e) promoção de actividades para jovens;
f) promoção da igualdade de direitos e oportunidades entre mulheres e homens;
g) promoção de iniciativas/acções de carácter cultural e de solidariedade social;
h) protocolos de cooperação, com entidades nacionais ou estrangeiras;
i) prestação de serviços para a promoção e divulgação de práticas positivas;
j) elaboração de estudos que contribuam para a prossecução do seu objecto."



Missão

Promover a valorização do indivíduo, de acordo com as normas e os princípios que respeitam os direitos humanos, contribuindo assim para uma sociedade mais justa, mais desenvolvida e mais sustentável.

O que nos motiva

Em Setembro de 2000, os 189 dirigentes mundiais reunidos na Cimeira do Milénio comprometeram-se atingir, até 2015, os 8 Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, que pretendem servir de guia aos esforços conjuntos no combate à pobreza e na implementação de um desenvolvimento sustentável:

1. Erradicar a pobreza extrema e a fome.
2. Alcançar o ensino primário universal.
3. Promover a igualdade de género e a autonomização da mulher.
4. Reduzir a mortalidade infantil.
5. Melhorar a saúde materna.
6. Combater o VIH/SIDA, a malária e outras doenças.
7. Garantir a sustentabilidade ambiental.
8. Criar uma parceria global para o desenvolvimento.


Na Cimeira Mundial de 2005, os Governos de todos os países reconheceram que o “Progresso das Mulheres é o progresso de todos” - "(...) Há uma longa experiência que demonstra que investir nas mulheres e nas raparigas tem um efeito multiplicador na produtividade e no crescimento económico sustentado"(in discurso do Secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon).

AJUDE-NOS A CONTRIBUIR PARA ESSES OBJECTIVOS!